banner_triunfo_02.png
  • Voz de Portugal

Covid-19: Portugal repatriou 181 portugueses apanhados pela quarentena na Venezuela


Caracas, 14 jun 2020– Portugal repatriou ontem 181 portugueses, entre eles 68 nacionais oriundos da Madeira, que ficaram retidos na Venezuela devido à quarentena provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Estes portugueses foram repatriados num voo organizado por Portugal, que transportou ainda outros 179 cidadãos europeus.

O voo, operado pela companhia aérea portuguesa Hifly, descolou do Aeroporto Internacional Simón Bolívar de Maiquetía (28 quilômetros a norte de Caracas) pelas 18:20 locais (23:20 horas em Lisboa) com destino a Lisboa.

“O processo foi complicado, mas temos 181 portugueses no voo, 68 dos quais se destinam à Madeira e temos várias outras nacionalidades, espanhóis, franceses, italianos, da União Europeia estão a bordo, mais um turco e uma queniana”, disse o cônsul-geral de Portugal em Caracas.

“Vão chegar a Portugal, uns vão para a Espanha, porque a embaixada de Espanha em Lisboa já tem uns ônibus preparados para levar os espanhóis e os portugueses residentes em Espanha, que depois daí vão fazer o isolamento em suas casas”, frisou.

No caso dos madeirenses, o cônsul-geral explicou que “quando chegarem ao aeroporto do Funchal irão fazer o teste da covid-19”.

“Se o teste der negativo poderão ir para as suas casas e fazer o isolamento em casa, caso contrário, terão que cumprir a quarentena numa das instalações fornecidas pelo governo da Madeira”, afirmou.

2 visualizações
banner_grupo cofico.png
banner_arouca.png
banner_bom e barato.png
banner_686 gourmet.png
banner_breeze's.png
banner_esc. contabil vieira.png
banner_seu antonio.png
banner_AAP.png

© 2020 por Voz de Portugal. Criado com amor por Nathalia Maciel