banner_triunfo_02.png
  • Voz de Portugal

Covid-19: Portugal com 567 mortos e 17.448 infectados



Portugal registra hoje 567 mortos associados à covid-19, mais 32 do que na segunda-feira, e 17.448 infectados (mais 514), indica o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

O relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24:00 de segunda-feira, indica que a região Norte é a que registra o maior número de mortos (321), seguida pelo Centro (131), pela região de Lisboa e Vale Tejo (102) e do Algarve, com nove mortos.

A região Norte continua a registrar o maior número de infecções, totalizando 10.302, seguida pela região de Lisboa e Vale do Tejo, com 3.994 casos, da região Centro (2.549), do Algarve (289) e do Alentejo com 155 casos.

O boletim registra quatro óbitos nos Açores.

Relativamente a segunda-feira, em que se registravam 535 mortos, hoje observou-se um aumento percentual de 6% (mais 32).

De acordo com os dados disponibilizados pela DGS, há 17.448 casos confirmados, mais 514, o que representa um aumento de 3% face a segunda-feira.

Das mortes registradas, 370 tinham mais de 80 anos, 116 tinham idades entre os 70 e os 79 anos, 56 entre os 60 e os 69 anos, 18 entre os 50 e os 59 anos e sete óbitos na faixa entre os 40 e os 49 anos.

Em relação às 17.448 pessoas infectadas pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), a grande maioria - 16.221 (menos 526, -3,2%) - está a recuperar em casa. Estão internadas 1.227 pessoas (mais 40, +3,4%), 218 (mais 30, +6%) das quais em Unidades de Cuidados Intensivos.

Os dados da DGS precisam que o concelho do Porto é o que regista o maior número de casos de infeção pelo coronavírus (959), seguido de Lisboa (946 casos), Vila Nova de Gaia (884), Matosinhos (768), Gondomar (718), Braga (647), Maia (645), Valongo (507), Ovar (435) e Sintra com 404 casos.

Desde o dia 01 de janeiro, registraram-se 142.514 casos suspeitos, dos quais 2.474 aguardam resultado dos testes.

O boletim epidemiológico indica também que há 122.592 casos em que o resultado dos testes foi negativo e que o número de doentes recuperados se subiu para 347 (eram 277).

A região Norte continua a registrar o maior número de infeçcões, totalizando 10.302, seguida pela região de Lisboa e Vale do Tejo, com 3.994 casos, da região Centro (2.549), do Algarve (289) e do Alentejo com 155 casos.

Há ainda 100 pessoas infectadas com o vírus da covid-19 nos Açores e 59 na Madeira.

A DGS regista também 23.265 contatos em vigilância pelas autoridades de Saúde (menos 3.724 do que na segunda-feira).

A faixa etária mais afetada pela doença passou a ser a dos 50 aos 59 anos (3.028), logo seguida da faixa dos 40 aos 49 anos (3.005), dos 30 aos 39 anos (2.422) e dos 60 aos 69 anos de idade (2.168).

Nos mais velhos, há 2.638 doentes com idades acima dos 80 anos e 1.626 entre os 70 e os 79 anos.

Há ainda a registrar 290 casos de crianças até aos nove anos, 451 de jovens com idades entre os 10 e os 19 anos e entre os 20 e os 29 anos há 1.820 casos.

Globalmente, há em Portugal 10.276 mulheres infectadas pelo novo coronavírus e 7.172 homens.

1 visualização
banner_grupo cofico.png
banner_arouca.png
banner_bom e barato.png
banner_686 gourmet.png
banner_breeze's.png
banner_esc. contabil vieira.png
banner_seu antonio.png
banner_AAP.png

© 2020 por Voz de Portugal. Criado com amor por Nathalia Maciel