banner_triunfo_02.png
  • Voz de Portugal

"Cá estaremos todos", afirma Marcelo depois de Costa sugerir que será reeleito


Palmela, Setúbal, 13 maio 2020 - O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, ouviu hoje o primeiro-ministro, António Costa, sugerir que será reeleito nas presidenciais de 2021, e em seguida afirmou: "Cá estaremos todos".

"Nós vamos ultrapassar esta pandemia e os efeitos económicos e sociais este ano, no ano que vem, nos anos próximos. E eu cá estarei, e cá estaremos todos, porque isto é um espírito de equipa que se formou e que nada vai quebrar. Cá estaremos este ano e nos próximos anos a construir um Portugal melhor", declarou o chefe de Estado, com António Costa perto de si.

Marcelo Rebelo de Sousa falava no final de uma visita com o primeiro-ministro à Volkswagen Autoeuropa, em Palmela, no distrito de Setúbal, depois de ouvir António Costa remeter uma nova visita conjunta a esta fábrica para "o primeiro ano do próximo mandato do senhor Presidente da República", sugerindo que irá recandidatar-se e será reeleito.

Interrogado se a atual situação do país e do mundo fez alterar o seu processo de decisão quanto a uma eventual recandidatura, o Presidente da República considerou que "o que se passa no mundo, o que se passa na Europa e o que se passa em Portugal exige que as pessoas saibam sacrificar os seus interesses pessoais fazendo passar à frente o interesse coletivo".

No entanto, referiu que "não queria aprofundar essa matéria" neste momento.

Questionado pela comunicação social sobre uma recandidatura, o Presidente da República respondeu: "A vontade de todos nós é estarmos cá e fazermos o que temos de fazer para que aquilo que é o exemplo da Autoeuropa, foi em 2016 e é hoje, seja em 2021, 2022, 2023 e por aí adiante".

Ressalvando que ninguém se pode "substituir à vontade do povo português", acrescentou: "Neste momento o que importa é a vontade de trabalharmos em conjunto. E este exemplo da vinda à Autoeuropa é um de muitos exemplos de todos os dias desse trabalho em conjunto".

Eleito nas presidenciais de 24 de janeiro de 2016 e em funções desde 09 de março desse ano, Marcelo Rebelo de Sousa entrou no seu último ano de mandato com a recandidatura em aberto e, entretanto, tinha remetido uma decisão "lá para novembro".

2 visualizações
banner_grupo cofico.png
banner_arouca.png
banner_bom e barato.png
banner_686 gourmet.png
banner_breeze's.png
banner_esc. contabil vieira.png
banner_seu antonio.png
banner_AAP.png

© 2020 por Voz de Portugal. Criado com amor por Nathalia Maciel