banner_triunfo_02.png
  • Voz de Portugal

“Açores em Cores”: jornalista e escritor luso-brasileiro, Ígor Lopes apresenta livro no Porto

Evento será na Casa dos Açores do Norte, no Porto, Portugal



O jornalista e escritor luso-brasileiro Ígor Lopes vai apresentar na Casa dos Açores do Norte, na cidade do Porto, em Portugal, sábado, dia 18 de junho, pelas 18h, o seu mais recente livro-reportagem. “Açores em Cores – Belezas, Contornos e Potencialidades” leva o selo da editora “Present Celebration” e contou com o apoio do Governo açoriano, por meio da Direção Regional das Comunidades. A obra vai ser apresentada pelo autor e pelo escritor Adélio Amaro.

O objetivo central do livro, de acordo com o autor, é “revelar detalhes que brasileiros, lusodescendentes e açordescendentes devem conhecer sobre o Arquipélago”.

Detalhes das ilhas

Ao longo de 226 páginas, recheadas de entrevistas e fotografias, Ígor Lopes leva o leitor a conhecer pontos específicos sobre as nove ilhas açorianas, deixando claro que os Açores são um bom lugar para viver, trabalhar, estudar ou, simplesmente, desfrutar de locais de tirar o fôlego.

O conteúdo está centrado no formato pergunta-resposta, onde especialistas em diversos segmentos nos Açores, no âmbito público e privado, falam sobre as oportunidades de investimento, os locais paradisíacos, a imponência da natureza, a importância da ecologia e da proteção ambiental, já que os Açores são um destino de turismo sustentável, a relevância da cultura, história, tradição e religiosidade, os registos da arquitetura e património locais, o papel do turismo e da promoção da imagem das ilhas, as experiências e atividades possíveis, o infinito azul do rico mar que banha as costas açorianas, a imensa comunidade açordescendente, o poder dos vinhos e da gastronomia locais, o olhar de quem chega às ilhas pelos ares, os vulcões e a sismologia tão estudados, a vida universitária, a força e a necessidade de se apostar nas vertentes tecnológica e na inovação, a segurança pública, a saúde, a organização política açoriana e as sinergias entre os habitantes locais e a comunidade de cidadãos estrangeiros residentes, incluindo os brasileiros.

Sucesso no Brasil, nos Açores e em Portugal continental

Em 2021, a obra foi lançada nos Açores, em Ponta Delgada, no mês de dezembro, e, em outubro, no Brasil, nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte. O livro passou também por Portugal continental, pelas cidades de Lisboa e Fundão. Em ambos os casos, o evento reuniu um grande público e envolveu diplomatas e autoridades brasileiras e portuguesas, amantes dos Açores e curiosos.


Onde comprar?

A obra está a venda através das redes sociais do autor ou por encomenda direta via e-mail: igorpereiralopes@gmail.com com entrega em todo o mundo.

Quem é Ígor Lopes?

Ígor Lopes é jornalista, escritor e social media entre Brasil e Portugal. É CEO da Agência Incomparáveis, que “defende a comunidade luso-brasileira”. É Doutorando em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior; Mestre em Comunicação e Jornalismo pela Universidade de Coimbra; Licenciado em Comunicação Social, na vertente Jornalismo, no Rio de Janeiro, pela FACHA; Possui especialização em Gestão de Redes Sociais e Comunidades para Jornalistas pela Universidade de Guadalajara, México, e em Comunicação Mediática Contemporânea, pela Universidade de Santiago de Compostela.

É também jornalista da agência e-Global, de Lisboa; Coordenador de Redação do Gazeta Lusófona, da Suíça; correspondente do programa de TV “Assim é Portugal”; e colunista da Revista do Villa e do jornal Voz de Portugal, ambos no Brasil.

É autor dos livros-reportagem “Maria Alcina, a força infinita do Fado” (2016), “Casa do Distrito de Viseu: 50 anos de dedicação à cultura portuguesa no Rio de Janeiro” (2016) e “Rancho Folclórico Maria da Fonte da Casa do Minho do Rio de Janeiro – A jornada do grupo português que valoriza a cultura minhota no Brasil desde 1954” (2019).

Recebeu das mãos do presidente da Sociedade Brasileira de Heráldica e Humanística, Dom Galdino Cocchiaro, no dia 15 de outubro, a “Comenda da Ordem Nacional do Mérito do Empreendedor Visconde de Mauá”, título oficializado como “Honraria Oficial do Município de Mauá” e pelo Governo da República do Brasil, através do Ministério da Educação e Cultura, com o apoio da Secretaria de Estado da Justiça e Defesa da Cidadania do Governo de São Paulo. Nesta mesma oportunidade, o escritor foi ainda empossado como “Chanceler”, com atuação internacional, “tendo como objetivo central atuar na aproximação entre Brasil e Portugal”.

É membro da Academia de Letras de Teófilo Otoni (ALTO), da Eco Academia de Letras, Ciências e Artes de Terezópolis de Goiás (E-ALCAT), da Academia de Letras e Artes de Paranapuã (ALAP), da Academia Luso-Brasileira de Letras (ALBL) e da Academia de Letras e Artes da Guiné-Bissau (ALAB) e é ainda membro do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina. Foi condecorado no Brasil e em Portugal com medalhas, diplomas e comendas por diversas instituições. ■

1 visualização0 comentário
banner_grupo cofico.png
banner_arouca.png
banner_bom e barato.png
banner_686 gourmet.png
banner_breeze's.png
banner_esc. contabil vieira.png
banner_seu antonio.png
banner_AAP.png