top of page
banner_triunfo_02.png
  • Foto do escritorVoz de Portugal

Ígor Lopes seu livro "Açores em Cores" na Ilha Terceira

Por Igor Lopes

O autor Igor Lopes ( a direita) com o Diretor das Comunidades Açorianas, José Andrade


O jornalista e escritor luso-brasileiro Ígor Lopes vai voltar aos Açores em dezembro para apresentar o livro-reportagem: “Açores em Cores – Belezas, Contornos e Potencialidades”, que leva o selo da editora “Present Celebration”.

O Auditório do Museu de Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, será palco, no dia 11 de dezembro, pelas 17h, do evento de apresentação da obra, que conta com o apoio do Governo açoriano, por meio da Direção Regional das Comunidades. O livro vai ser apresentado pelo autor e por Claudine Lourenço, jornalista e apresentadora radicada na ilha Terceira há vários anos e referência entre a comunidade brasileira na ilha e na região.

O objetivo central do livro, de acordo com Ígor Lopes, é “revelar detalhes que brasileiros, lusodescendentes e açordescendentes devem conhecer sobre o Arquipélago”. Ao longo de 226 páginas, recheadas de entrevistas e fotografias, o autor leva-nos a conhecer pontos específicos sobre as nove ilhas açorianas, deixando claro que “os Açores são um bom lugar para viver, trabalhar, investir, estudar ou, simplesmente, desfrutar de locais de tirar o fôlego”.

O conteúdo está centrado no formato pergunta-resposta, onde especialistas em diversos segmentos nos Açores, no âmbito público e privado, falam sobre variados temas de promoção das ilhas.

O prefácio do livro é assinado por Adélio Amaro, escritor, presidente do Centro do Património da Estremadura, idealizador do projeto BibliRuralis e diretor do Gazeta Lusófona, na Suíça. O posfácio é assinado por Beatriz H. Ramos Amaral, escritora e Mestre em Literatura e Crítica Literária. Ricardo Alexandre, diretor-adjunto da TSF Rádio Notícias, de Portugal continental, escreveu sobre Ígor Lopes.

A obra foi já lançada no Brasil, nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte, onde reuniu um grande público e autoridades, e passou também, com grande sucesso, pelo Fundão, Porto, Lisboa e Ponta Delgada. Agora, chegou a vez de os terceirenses conhecerem o resultado de dois anos de trabalho literário e de investigação.

Com entrega em todo o mundo, o livro está a venda através das redes sociais do autor ou por encomenda direta via e-mail: igorpereiralopes@gmail.com


Quem é Ígor Lopes?

Ígor Lopes é jornalista, escritor e social media. É CEO da Agência Incomparáveis, que conecta União Europeia e Mercosul; Doutorando em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior; Mestre em Comunicação e Jornalismo pela Universidade de Coimbra; Licenciado em Comunicação Social, na vertente Jornalismo, no Rio de Janeiro, pela FACHA; Possui especialização em Gestão de Redes Sociais e Comunidades para Jornalistas pela Universidade de Guadalajara, México, e especialização em Comunicação Mediática pela Universidade de Santiago de Compostela, Espanha. Atua para agências de notícias e meios de comunicação onde há Diáspora portuguesa e comunidade luso-brasileira.

É jornalista da Agência e-Global, Diário da Lagoa, Revista do Villa, Voz de Portugal, Minho Digital e Mundo Lusíada. Atua ainda como Coordenador de Redação do Gazeta Lusófona, da Suíça, e é correspondente na Europa do programa de TV “Assim é Portugal” e da “TV do Villa”.

É autor dos livros-reportagem “Maria Alcina, a força infinita do Fado” (2016), “Casa do Distrito de Viseu: 50 anos de dedicação à cultura portuguesa no Rio de Janeiro” (2016), “Rancho Folclórico Maria da Fonte da Casa do Minho do Rio de Janeiro - A jornada do grupo português que valoriza a cultura minhota no Brasil desde 1954” (2019); e “Festas d'Agonia - Viana do Castelo - Para Brasileiros e Lusodescendentes” (2021).

Recebeu das mãos do presidente da Sociedade Brasileira de Heráldica e Humanística, Dom Galdino Cocchiaro, a "Comenda da Ordem Nacional do Mérito do Empreendedor Visconde de Mauá", título oficializado como "Honraria Oficial do Município de Mauá" e pelo Governo da República do Brasil, através do Ministério da Educação e Cultura, com o apoio da Secretaria de Estado da Justiça e Defesa da Cidadania do Governo de São Paulo. Nesta mesma oportunidade, o escritor foi ainda empossado como "Chanceler", com atuação internacional, “tendo como objetivo central atuar na aproximação entre Brasil e Portugal” no eixo cultural.

É membro da Academia de Letras de Teófilo Otoni (ALTO), da Eco Academia de Letras, Ciências e Artes de Terezópolis de Goiás (E-ALCAT), da Academia de Letras e Artes de Paranapuã (ALAP), da Academia Luso-Brasileira de Letras (ALBL) e da Academia de Letras e Artes da Guiné-Bissau (ALAB). Foi condecorado no Brasil e em Portugal com medalhas, diplomas e comendas por diversas instituições.

Ígor Lopes é presidente da mesa da Assembleia Geral da Plataforma, entidade que reúne os órgãos de comunicação social da diáspora lusa, é vice-presidente da Associação Mais Lusofonia, diretor de Relações Internacionais da Câmara do Comércio da Região das Beiras e da Casa do Brasil - Terras de Cabral.


Encontre o autor nas redes sociais:

Facebook: facebook.com/IgorPLopes

Instagram: @igorlopesrj

LinkedIn: linkedin.com/in/igorlopes-jornalista/

TikTok: @igorplopes

___

Dados Técnicos:

Título: “Açores em Cores - Belezas, Contornos e Potencialidades”

ISBN: 978-65-00-06792-7 - Brasil

Depósito Legal: 4728 85/20 - Portugal

Ano: 2020

Editora: Present Celebration

4 visualizações0 comentário

Comentarios


banner_grupo cofico.png
banner_arouca.png
banner_bom e barato.png
banner_686 gourmet.png
banner_breeze's.png
banner_esc. contabil vieira.png
banner_seu antonio.png
banner_AAP.png
bottom of page